Uruguay Wine

Vinícola Garzón: Melhor Vinícola do Novo Mundo

Vinícola Garzón: Melhor Vinícola do Novo Mundo

No final do ano passado, a Vinícola Garzón em Maldonado foi escolhida como a melhor vinícola do Novo Mundo pela premiação ‘Wine Enthusiast’ posicionando ao Uruguai solidamente no mapa dos vinhos como um país vinícola em crescimento.

Uma das cerimônias mais glamorosas do ano, a Premiação Wine Star Awards feita pela revista ‘Wine Enthusiast’ e altamente respeitada internacionalmente e essa foi a primeira vez em que uma vinícola uruguaia recebeu um reconhecimento desse tipo em um cenário global. É o mais impressionante é que a Vinícola Garzón é uma vinícola relativamente jovem no Uruguai - com as suas primeiras videiras plantadas apenas uma década atrás em 2008. 

Atualmente, Garzón tem ao redor de 238 hectares de vinhas plantadas, separadas em mais de 1.200 parcelas, e se transformou no maior exportador de vinhos do Uruguai no ano passado - atingindo mais de 35 países de destino no mundo todo.

Amanda Barnes entrevistou o Diretor Executivo da Vinícola Garzón, Christian Wylie, sobre a premiação e o crescente sucesso de Garzón.

AB: Conte como foi receber a notícia da nominação e da premiação de parte de ‘Wine Enthusiast’. 

CW: Já o fato de sermos nominados foi um acontecimento enorme e representou um marco histórico para o Uruguai. Eu creio que naquela época aqui no Uruguai não entendíamos muito bem a magnitude disso. Eu tinha passado por isso antes com a Vinícola Santa Carolina no Chile [Melhor Vinícola do Novo Mundo em 2015] quando eu trabalhei ali e eu vivenciei o impacto disso na vinícola. E para Garzón, o impacto foi dez vezes maior porque ninguém realmente conhece o Uruguai, e é uma enorme declaração para uma vinícola uruguaia vencer. 

Geralmente, a Vinícola do Ano no Novo Mundo tem um histórico de muitos anos, e os nomes dos ganhadores anteriores e de outros nominados são impressionantes. Quando recebemos a notícia de que efetivamente tínhamos ganho, foi um impulso enorme para a moral e um grande retorno por todo o esforço investido na geração do vinhedo aqui. 

Embora sintamos muito orgulho com a vitória, agora temos uma enorme responsabilidade de progredir no caminho da excelência e prestar ainda mais atenção em como posicionamos os nossos vinhos e a nossa estratégia. Foi uma grande honra e acredito que foi muito importante para o Uruguai, também. 

AB: Como você comentou, você também foi Diretor Comercial de Santa Carolina no Chile, onde eles ganharam esse reconhecimento. Há algum segredo para dirigir uma vinícola de sucesso?

CW: Você tem que amar o que você faz. É o único jeito. É uma filosofia simples, mas se você ama o que faz, então você terá energia, paixão e dedicação.  

Além disso, você precisa acreditar no projeto. Eu sempre trabalhei para famílias porque eles trazem consigo um compromisso de longa data com o negócio. O meu último dia em Santa Carolina foi recebendo a premiação de ‘Wine Enthusiast’ e eu nunca pensei que isso fosse acontecer tão cedo aqui. 

Uma coisa que eu aprendi com o rugby, quando eu jogava, é que você só pode ser tão bom quanto sua equipe. Eu tenho uma equipe muito forte aqui, pois todos se destacam nas suas áreas - e todos têm a essa paixão e 100% de compromisso. Isso é o que permite construir a essência de uma boa equipe. 

AB: Segundo você, o que faz de Garzón uma vinícola do Novo Mundo?

CW: Tecnicamente, nós estamos no Novo Mundo. Temos um terreno de Novo Mundo, um terreno do século 21. Mesmo os nossos vinhos tendo um sabor mais europeu do que outros no Novo Mundo com climas desérticos. 

O Uruguai possui terras mais úmidas, influenciadas pelo Atlântico e em Garzón temos essa característica mineral proveniente dos solos de granito. O nosso estilo de vinhos é fácil de beber por causa dessa agradável acidez e cria uma ponte entre o Velho e o Novo Mundo. 

De qualquer forma, creio que a nossa abordagem de mercado é como Novo Mundo. Nós vamos lá e seguramos as rédeas na abordagem de vendas! Saímos ao mercado e viramos cada pedra até encontrar alguém que queira comprar os nossos vinhos do Uruguai. É difícil concorrer contra vinhos de Bordeaux ou Burgundy, por isso a abordagem deve ser diferente. 

“Fazer parte do Novo Mundo significa também mostrar a sua essência. Quando as pessoas nos visitam, costumam dizer ‘Eu nunca vi algo como isso’”.

— CHRISTIAN WYLIE.

E você sai para navegar com eles ou os leva até a praia de Cabo Polonio. Ou os leva de visita a Montevidéu, que é uma cidade muito legal. Quando alguém vem visitar a Vinícola Garzón, vai passar pelo menos dois dias conhecendo a cultura do Uruguai também.

AB: O proprietário, Alejandro Bulgheroni, possui várias propriedades vinícolas ao redor do mundo. O que faz com que Garzón no Uruguai seja destaque?

CW: Alejandro tem 25 propriedades vinícolas ao redor do mundo, e nunca é um momento ruim para fazer parte disso! Com propriedades na Toscana, em Napa, em Bordeaux, muitas pessoas se surpreenderam que ele também fosse produzir vinhos no Uruguai. Porém, hoje Garzón é a estrela mais brilhante e isso é maravilhoso.

“O que mais brilha em todo o portfólio é um Tannat do Uruguai, não necessariamente nossos vinhos do Piemonte ou Napa. As pessoas estão falando sobre Tannat, e isso é notável”.

— CHRISTIAN WYLIE.

Também é notável porque o melhor de Garzón ainda está por vir ... 2018 foi uma safra incrível para o Uruguai e nossos vinhos já estão na Place de Bordeaux, mas as vinhas têm apenas seis anos de idade. 

Como diz Alberto Antonini [o enologista consultor], hoje as videiras comem em Burger King e em alguns anos comerão em restaurantes com estrelas Michelin! Algumas das vinhas ainda estão encontrando o seu equilíbrio e as raízes estão se aprofundando, por isso definitivamente acreditamos que o melhor de Garzón está por vir!

E quanto mais atenção o Uruguai receber do mundo, que está descobrindo esse país maravilhoso, mais a maré irá subir e fará com que todos emerjam. Há um muitíssimo talento e comprometimento no Uruguai. Os uruguaios não prometem demais, mas certamente entregam demais.

VINÍCOLA GARZÓN
www.bodegagarzon.com 

You may also like.

Uruguay Wine

ABC dos Vinhos uruguaios

Atenção para todos os #storytasters!

Uruguay Wine

14 de abril - Dia do Tannat: Comemorando a uva uruguaia campeã

Embora o Uruguai seja uma pequena nação, se tornou um campeão na improvável variedade do Tannat.

Uruguay Wine

Programa de TV: o Uruguai entre vinhedos

“O Uruguai entre vinhedos”, um programa de TV produzido por Green Power Media, Food Network e Discovery Travel & Living Channel.

Stay Tuned.